Versículo do dia
Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas?

Força tarefa promove ordenamento da rua Marechal Deodoro

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

552015092409Uma força tarefa da Secretária Municipal de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico realiza a “Operação Dia D”, voltada ao ordenamento da rua Marechal Deodoro. O objetivo é melhorar as condições de tráfego de veículos e a circulação de pedestres no local, que é de grande movimento no centro da cidade.
O balanço parcial do trabalho indica a retirada de 16 toldos de ferro, recuo de barracas para a área delimitada para feirantes, retirada de veículos que eram usados para comércio ambulante e retirada dos tabuleiros de frutas e verduras em desacordo com o que determina a Secretaria.

 

Durante a operação, que conta com o apoio da 64ª Companhia Independente da Polícia Militar, e Superintendência Municipal de Trânsito, foram guinchadas dez motos por irregularidades diversas, e apreendidas, pela PM, armas brancas que estavam em poder de ambulantes.

 

A Secretaria Municipal de Serviços Públicos, que também integra a força tarefa, estará realizando a poda de árvores da rua Marechal Deodoro e vai intensificar a varrição e coleta de lixo, orientando os comerciantes para colaborar com a limpeza na área.

 

MAIS ESPAÇO

 

“Quem está no alinhamento certo, não tem do que se queixar. Os fiscais chegam com educação, a gente conversa e dá tudo certo”, diz Idália Carolina Pereira, que trabalha há quarenta anos como feirante no Beco Manoel Vitorino.

 

Na esquina da Marechal Deodoro com a Praça da Bandeira já é visível o aumento do espaço para a circulação de pedestres. A fiscalização também desobstruiu acessos para cadeirantes e estacionamentos destinados a portadores de necessidades especiais e idosos.

 

O reordenamento vai se estender a outros locais e nos próximos dias a meta é abranger também o Centro de Abastecimento e a avenida Senhor dos Passos.

 

Para o secretário Antonio Carlos Borges Júnior, o trabalho de fiscalização dos espaços, para evitar comércio em desacordo com o que determina a Prefeitura, é permanente, mas se justifica ainda mais agora: “Está se aproximando o período das festas juninas, quando muita gente procura o centro da cidade para comercializar os produtos da época. Daí a importância da “Operação Dia D” para evitar transtornos”, explica.

 

As informações são da Secom.

OUTRAS NOTÍCIAS