Globo vai usar personagem em novela para tentar reaver prestígio com evangélicos

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp
Foto- Reprodução TV Globo

A iminente maioria evangélica na sociedade está fazendo a TV Globo reformular sua abordagem em relação aos fiéis e deverá colocar no ar, ainda este ano, uma novela com uma protagonista cristã.

Um evento voltado ao mercado de audiovisual realizado no final do mês passado no Rio de Janeiro, o Rio Criative Conference, contou com uma palestra do diretor da TV Globo e Afiliadas, Amauri Soares.

Soares declarou durante sua palestra que as pesquisas demográficas indicam que o Brasil caminha para se tornar um país de maioria evangélica nos próximos anos, de acordo com informações do portal Uol.

O diretor da emissora deixou transparecer que está atento às mudanças na sociedade e que a Globo não pode abdicar de um segmento que se tornará maioria do público em breve.

Diante disso, as próximas produções de novelas deverão começar a refletir essa estratégia de recuperação da audiência evangélica. A primeira demonstração ocorrerá na novela das 19h00 que estreará em novembro, chamada Vai na Fé.

Em outras ocasiões, a emissora inseriu personagens evangélicos que foram vistos pelos fiéis como uma forma de deboche ou ridicularização da fé cristã, como por exemplo em 2019, quando uma vilã, depois de “se converter”, surgiu possuída por demônios na novela A Dona do Pedaço.

“A trama vai girar em torno de Solange, uma vendedora de marmita, que segue a religião cristã. Com o marido desempregado e as dívidas acumulando, ela mudará de vida ao aceitar se tornar cantora, backing vocal de um cantor de funk. Com isso, será discutida a maneira como ela concilia sua fé com o novo momento de vida”, resumiu o jornalista Fernando Oliveira.

A personagem será mãe de duas adolescentes e também responsável por cuidar da própria mãe. A sinopse de Vai na Fé a descreve como uma “mulher cristã, muito apegada à fé e aos ensinamentos do pastor”.

A autoria da novela é de Rosane Svartman, autora de Totalmente Demais, e atualmente está trabalhando em uma série musical para o Globoplay, chamada Musa Música.

Fonte Gospel +

OUTRAS NOTÍCIAS