Hospital da Mulher restringe visitas seguindo protocolos sanitários

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

Recomendação de Saúde é contra a Covid-19

O Hospital Inácia Pinto dos Santos, o Hospital da Mulher, suspendeu a presença do acompanhante no Centro Obstétrico e limitou em outros setores da unidade, cumprindo os protocolos sanitários no combate à Covid-19. A medida é recomendada pela Nota Técnica nº 69 de 2 de junho de 2020.

“Suspendemos a presença do acompanhante no Centro Obstétrico devido à grande demanda de gestantes e para que não haja aglomeração, uma vez que são 30 procedimentos, em média, por plantão de 24h”, afirma a diretora-presidente da Fundação Hospitalar de Feira de Santana, Gilberte Lucas.

Contudo, diz ela ao esclarecer questionamentos do vereador Jhonatas Monteiro, as pacientes do Centro Obstétrico podem receber o acompanhante, assim que são encaminhadas para a enfermaria até a alta hospitalar.

Ela aponta que a unidade dispõe do Núcleo de Acolhimento ao Acompanhante, onde é feito o cadastro dessa pessoa e são passadas as orientações.

Vale destacar que ao comparecer a unidade para avaliação, as mulheres preenchem a ficha de atendimento com questionamentos referentes à doença – se a mesma está com os sintomas da Covid ou manteve contado com alguém que estava com coronavírus. Se confirmada, ela será encaminhada para uma área reservada.

TEMPO INTEGRAL

Gilberte Lucas destaca que no Centro de Parto Natural (CPN) é permitida a presença do acompanhante em tempo integral. O local possui estrutura com quartos individualizados.

Pacientes menores de idade também têm garantido o direito ao acompanhante, desde sua admissão até sua alta, independente do setor de internamento.

“As pacientes com instabilidade clínica permanecem internadas no Centro Obstétrico até sua regulação, sendo permitida a visita do familiar. Já os recém-nascidos internados, os pais possuem livre acesso para visita, mas apenas um deles pode permanecer na unidade”, afirma Gilberte.

Além disso, nos setores de UTI Neonatal e Ucinco, as mães têm livre acesso à unidade, bem como na Casa da Puérpera, onde elas permaneçam até alta hospitalar do recém-nascido. Os pais podem visitar os filhos no horário estabelecido.

Fonte – Secom –

OUTRAS NOTÍCIAS