Versículo do dia
Estendo para ti as minhas mãos; a minha alma tem sede de ti como terra sedenta. (Selá)

Hospital da Mulher vai acompanhar evolução do trabalho de parto

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

2392015164120O Hospital Inácia Pinto dos Santos, o Hospital da Mulher, vai implantar, a partir do próximo mês, o partograma – gráfico onde são anotadas a progressão do trabalho de parto e as condições da mãe e do feto, conforme recomendação do Ministério da Saúde. Neste sentido, está acontecendo um curso teórico e prático para os enfermeiros obstétricos, na própria unidade.

 

O gráfico deverá ser preenchido pelo profissional – enfermeiro ou médico – no setor obstétrico ou no Setor de Classificação de Risco. Neste caso, será utilizado quando a paciente já estiver em fase ativa do trabalho de parto.

 

No partograma deverá constar as informações referentes à evolução do trabalho de parto, desde a dilatação cervical, as contrações uterinas (se são eficazes) e os batimentos cardíacos da criança, por exemplo. A avaliação é feita a cada uma hora e o toque a cada duas horas.

 

Segundo a enfermeira Itamara dos Santos, por meio do partograma é possível identificar se há alguma anormalidade no trabalho de parto. “Assim podemos reverter o quadro, evitar o sofrimento fetal ou até mesmo indicar criteriosamente uma cesariana, se houver a necessidade”, explica.

 

“O partograma é um indicativo da qualidade da assistência que está sendo prestada para a mãe e a criança, além de reduzir a mortalidade materno-fetal”, acrescenta a enfermeira. É também um estímulo ao parto normal.

OUTRAS NOTÍCIAS