Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 25/10/2019

Idosa de 90 anos se batiza e contagia multidão a seguir seu exemplo em país islâmico

Uma atitude que parece simples para muitos, significou a possibilidade de salvação espiritual eterna de dezenas de pessoas no Paquistão, após uma idosa de 90 anos que se converteu a Cristo decidir se batizar nas águas. Ela foi um dos frutos colhidos por uma cruzada evangelística que teve início no dia 12 desse mês.

 

O missionário Chileno Vergara, mais conhecido como “Chileno”, gravou o batismo da idosa em vídeo, enfatizando que nunca é tarde para cumprir uma das principais ordenanças de Jesus Cristo.

 

“Nunca é tarde para o batismo! Após a cruzada evangelística no Paquistão, uma idosa com mais de 90 anos se batizou, levando uma multidão a fazer o mesmo por amor a Jesus”, disse Chileno Vergara em sua página no Instagram.

 

Vale destacar que os batismos ocorreram em um país oficialmente muçulmano, em um lago que fica próximo a uma mesquita. Se trata de um feito que o missionário não tem dúvida ser a mão de Deus agindo para levar o Evangelho ao devotos do islamismo no Paquistão.

 

“Muito me perguntam: Chileno qual é o segredo? Como essa cruzada pode ser possível? Um muçulmano liberar o terreno, vendendo a colheita para vocês usarem [o terreno] para evangelizar a milhares numa cruzada no Paquistão? A única reposta que existe é: graça, e em muita abundância! Rios dela!”, disse o evangelista.

 

Em tais circunstâncias, o batismo ocorreu como muitos historiadores cristãos afirmam ter sido durante o período da igreja primitiva, onde os cristão eram batizados assim que se convertiam a Cristo, confessando seus pecados e arrependimentos. O trabalho de discipulado prosseguia em seguida, através das lideranças locais.

 

Chileno explicou como esse contexto foi encarado no Paquistão: “Eles não vão ser batizados porque são perfeitos; eles vão ser batizados porque Cristo é perfeito. Eles só precisavam crer na obra do Cristo”, disse ele

 

“É pela obra do Cristo que eles foram curados, salvos e hoje darão testemunho desse amor eterno. Porque todos eles entenderam que são filhos amados de Deus”, completou. “Porque o que está acontecendo aqui, muçulmanos sendo curados, outros sendo salvos não tem nada a ver conosco, e tudo a ver com Cristo e sua obra!”.

 
Gospel +