Igreja evangélica ganha novo altar produzido por detentos do Centro de Ressocialização

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

Altar é construído por detentos em igreja evangélica em Canhotinho — Foto: Divulgação/Seres

A Igreja Evangélica Kerigma, em Canhotinho, no Agreste, ganhou um novo altar construído pelos detentos do Centro de Ressocialização do Agreste (CRA), unidade prisional do regime semiaberto. Durante três dias, quatro reeducandos trabalharam em horário integral produzindo o altar e o púlpito em madeira pallet pintada, além da luminária.

O projeto “Pau que Nasce Torto Vira Arte” contempla 50 pessoas privadas de liberdade e utiliza o artesanato como ferramenta de capacitação, geração de trabalho e renda.

“O trabalho já é uma forma de crescimento intelectual e cultural, unido à remição de pena e ao ganho financeiro, ele se torna efetivamente uma alternativa de reinserção do preso na sociedade e no ambiente familiar”, disse o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico.

G1

 

OUTRAS NOTÍCIAS