Versículo do dia
O que anda praguejando descobre o segredo, mas o fiel de espírito encobre o negócio.

Igreja Renascer deve pagar R$ 15 mil a fiel atingido em desabamento

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

222A 5ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo determinou que a Igreja Renascer em Cristo deve pagar R$ 15 mil de indenização a um fiel que foi atingido durante o desabamento do teto do templo do Cambuci em janeiro de 2009.

 

Pelo entendimento do desembargador João Francisco Moreira Viegas a proprietária de um imóvel frequentado por muitas pessoas é responsável pelos danos que lá ocorrerem, mesmo que não seja culpada pelo acidente.

 

A pessoa que moveu a ação ficou presa entre os escombros, sofreu um corte na cabeça e fraturou o fêmur. O fiel pedia pensão mensal vitalícia e indenização pelas despesas médicas e danos estéticos já que pela fratura ele ficou manco (uma das pernas foi encurtada).

 

Em primeira instância o pedido de pensão vitalícia foi negado, e a igreja foi obrigada a pagar a indenização no valor de R$ 10 mil. Porém a Renascer recorreu da decisão e o caso foi parar nas mãos de Viegas que rejeitou a defesa de que a igreja não foi culpada pela queda do teto, e sim a empresa responsável pela reforma do mesmo.

 
“Conforme perícia médica, inequívoca a existência de dano estético, sendo imperiosa sua reparação”, determinou o juiz ao entender que não é necessário ter culpa no incidente, pois o caso se enquadra na responsabilidade objetiva.

 

O desembargador aumentou o valor da indenização em R$ 5 mil, porém manteve a decisão de que o fiel não precisa receber pensão vitalícia, uma vez que ele não teve a redução da capacidade laborativa.

 

Gospel Prime

OUTRAS NOTÍCIAS