Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 02/01/2019

Intervenções e ações da SMT resultam em redução no índice de acidentes

Feira de Santana possui uma frota atual de 303 mil veículos, sendo 28.000 veículos flutuantes e um total 104 mil de motocicletas. Com um fluxo de veículos cada dia maior, aumenta também a probabilidade de acidentes. Entre os dias 20 e 27 de dezembro de 2018, a Superintendência Municipal de Trânsito – SMT registrou 23 motocicletas envolvidas em ocorrências de trânsito, destes, 5 acidentes foram com vítimas. Estes números correspondem às ocorrências em que a SMT identifica diretamente pelas rondas ou é acionada. É importante salientar que todos estes registros acontecem dentro do perímetro urbano, área de atuação da SMT.

 

A Superintendência Municipal de Trânsito de Feira de Santana vem trabalhando nas transformações da mobilidade urbana na cidade, com ações constantes para um trânsito mais seguro, organizado, através de intervenções em infraestrutura, sinalização, ordenamento e educação no trânsito. A criação de binários, túneis e uma nova cultura de retorno em quadras e fechamento de retornos nas grandes avenidas, que causavam retenções de veículos, diminui bastante os riscos de acidentes graves. O reforço na sinalização semafórica como também das sinalizações horizontais e verticais, ajudam na orientação e prevenção de infrações. A constante presença e atuação dos agentes da SMT também tem colaborado para diminuir os impactos causados por estas transformações no trânsito.

 

Um forte trabalho educativo vem sendo realizado constantemente pela SMT com a população em geral, mas principalmente com os condutores de motocicletas. A exemplo disso, cursos de capacitação, seminários e ações educativas foram realizados durante programação especial da campanha do Maio Amarelo neste ano, e também na Semana Nacional do Trânsito, ocorrida em Setembro. Entre as ações, ocorreu em maio, o primeiro seminário municipal para discutir aspectos da motocicleta como modal de transporte, ministrado pelo Coronel da Reserva da Polícia Militar do Estado de Pernambuco, Israel Moura. Inserida nesta mesma programação aconteceu a palestra ‘Motociclista Cidadão’, proferida pela psicóloga do SEST SENAT, Viviane Portugal Marques, voltada a mototaxistas e empresas que utilizam este modal no transporte de mercadorias. Também contou com a participação da coordenadora do SAMU, Dra. Maísa Macedo,que apresentou a estatística de acidentes envolvendo condutores de motocicletas em vias urbanas do município.

 

Para o Superintendente Municipal de Trânsito, Maurício Carvalho, é preciso discutir o assunto para encontrar soluções para o trânsito das motocicletas. “É necessária a intensificação das campanhas educativas. Sabendo da importância do tema, fizemos um seminário específico para motociclistas em maio. É necessária a união dos órgãos envolvidos com o trânsito para uma campanha mais ampla, com a 3ª Ciretran, a Polícia Militar com o grupamento Asa Branca, a PRF, o Samu e o HGCA. As autoescolas também precisam repensar na formação dos motociclistas. Os revendedores de motocicletas também precisam incentivar estas campanhas, porque detectamos que apesar de todos os nossos esforços, a falta de conscientização de motociclistas é determinante para os altos índices de acidentes. São inúmeras infrações por alta velocidade, invasão de sinal, ultrapassagem pela direita e principalmente neste período de festas, quando muitos pilotam após o uso de bebidas alcoólicas e não utilizam equipamentos de segurança. É preciso entender que o para-choque do motociclista é o próprio corpo. Muitos destes acidentes com motos são fruto de imprudência e causam consequências graves além da morte. Pessoas ficam com sequelas graves e não voltam pro mercado de trabalho, levam sequelas para toda a vida”, reflete.

 

Entre os exemplos de transformações no trânsito da cidade, está o binário que interliga o centro de Feira de Santana à região sul da cidade. O grande corredor ameniza o tráfego de pelo menos 7 bairros, e de grandes avenidas como a Getúlio Vargas, beneficiando a todo o trânsito da cidade. O lado norte da Av. Getúlio Vargas foi ligado de forma direta com a Rua Senador Quintino e vice-versa, formando uma nova alternativa de mobilidade norte – sul para o tráfego de veículos.

 

A SMT transformou a avenida Santo Antônio em sentido único, assim como a rua Frei Aureliano, e as Ruas doutor João Mangabeira e Cônego José Cupertino de Lacerda, as tornando em um binário. Isso permitiu aos condutores, ligar a Getúlio Vargas à Avenida Senador Quintino rapidamente, oferecendo uma opção de cruzar a cidade sem pegar o trânsito intenso do centro. A implantação deste binário duplo que aconteceu em julho deste ano já mostra bons resultados reduzindo os transtornos de pelo menos 79 cruzamentos no decorrer das duas pistas, que ao total tem uma extensão de quase 7 km.

 

Outro trabalho de destaque foi a implantação em março deste ano, de todo o sistema de sinalização e monitoramento do túnel Carlos Alberto Kruschewsky, localizado na avenida João Durval Carneiro, que liga as zonas norte e sul da cidade. O túnel que possui 400 metros de extensão, tem velocidade máxima permitida de 50 km/h, possui três faixas, com a faixa do meio reversível, e foi equipado com câmeras de videomonitoramento e fotossensores de última geração, se tornando um dos equipamentos de maior importância para a fluidez e dinamismo do tráfego da cidade.

 

O objetivo deste trabalho é proporcionar um trânsito mais seguro e organizado para toda a população, além de todas as condições necessárias para que os motoristas e pedestres possam colaborar para um tráfego seguro em nossas ruas e avenidas, e assim trazer mais qualidade de vida à população.

 

 

Secom