Versículo do dia
Sejam vossos costumes sem avareza, contentando-vos com o que tendes; porque ele disse: Não te deixarei, nem te desampararei.

Justiça mantém direito a estacionamento em shoppings e supermercados

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

2172014165202O Tribunal de Justiça da Bahia deu causa ganha aos consumidores de Feira de Santana em ação movida pela Superintendência Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon/Feira), em 2013, após denúncias contra um supermercado e uma empresa de estacionamento por descumprir a Lei Municipal 2.792/2007, que veda a cobrança em estacionamento de supermercados e shoppings centers.
Na ocasião, a empresa recorreu da notificação do Proncon e a Justiça indeferiu. Na última semana a desembargadora Deise Lago Ribeiro, do TJBA, manteve ganho de causa para o Procon/Feira, decisão que fortalece o órgão a continuar com a fiscalização.

 

Segundo o chefe de Fiscalização do Procon, Itaracy Azêvedo Pedra Branca Junior, a lei dá direito ao consumidor a não pagar estacionamento quando este estiver em compras e apresentar notas de pagamento de qualquer valor no referido estabelecimento. Ele alerta que a casa comercial deve oferecer um prazo ao cliente de 30 minutos para escolha do produto para compra ou não.

 

Ele observa ainda que os estabelecimentos podem fazer a cobrança desde quando o consumidor não entre na loja.

OUTRAS NOTÍCIAS