Justiça receberá mais uma ação pedindo suspensão da “Blitz do IPVA”, diz vereador Edvaldo Lima

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp
Divulgação

Uma nova ação judicial com pedido de liminar, para que seja suspensa a realização da chamada “Blitz do IPVA”, vai ser apresentada pelo vereador Edvaldo Lima (MDB). Ele ingressou com mandado de segurança em setembro, obteve liminar favorável, mas o Governo da Bahia conseguiu derrubá-la no Tribunal de Justiça do Estado. Em sua opinião, a operação visa “apreender apenas veículos que estejam o IPVA atrasado” e não prestar um serviço de segurança pública ao cidadão de Feira de Santana. Também vê desvio de função de policiais militares neste tipo de ação. “Entendo que desvia a função da Polícia Militar, que é de garantir a segurança pública e manter a ordem da cidade.

Eu sei que os policiais participam de forma forçada. Espero que a Justiça perceba isso e acabe com essa irresponsabilidade”. Para o vereador, a “Blitz do IPVA” só foi suspensa “enquanto o candidato do Governo do Estado para prefeito de Feira estava na disputa”, mesmo após liberação pela Justiça. “Depois que perdeu a eleição aqui e em Vitória da Conquista, voltaram com tudo”. Ele lembra que é preocupante o aumento dos assassinatos na cidade, “mas o governador só quer saber de apreender veículos que não estão com o IPVA pago”.

Portal Cidade Gospel

OUTRAS NOTÍCIAS