Limpeza e desobstrução de drenagem pluvial estão sendo executados pela Prefeitura

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

Na zona rural, serviços estão concentrados no mapeamento de erosão e alagamentos

Os serviços de limpeza e desobstrução da rede de drenagem pluvial estão sendo executados pela Superintendências de Operações e Manutenção (SOMA), em Feira de Santana. Na zona rural, inspeção e mapeamento de pontos de erosão e de alagamento estão sendo realizados. A informação foi apresentada pelo superintendente do órgão, João Vianney Marval, em mais uma reunião do Comitê de Crise da Prefeitura de Feira na manhã desta segunda, 23.

“As equipes estão distribuídas no município, realizando reparos em grelhas, caixas e redes que foram danificadas. O volume da chuva foi elevado e concentrado, o que gera muitos danos. Na zona rural não é possível realizar reparos no momento, então estão sendo feitas inspeções e quando estabilizar vamos iniciar o patrolamento, encascalhamento e recuperação de pontilhões”, explica o superintendente.

Os distritos de Bonfim de Feira e Jaguara foram apontados como os mais críticos, onde algumas estradas estão com a mobilidade limitada. Em Jaguara, o acesso é possível somente pela estrada da Pedra Ferrada. “Algumas estradas foram construídas muito próximo ao curso dos rios e, com as chuvas, deixou comunidades isoladas, com acessos obstruídos”, explica João Vianney Marval.

Segundo a coordenadora da Defesa Civil, Ana Karoline Rebouças, apesar dos danos, felizmente não houve situações envolvendo vítimas ou acidentes.

“A previsão é de estiar esta semana, mas como o nordeste está sofrendo os efeitos do La Niña, que é um fenômeno climático, pode ser que a situação se prolongue. Segundo estudos de climatologia, é possível que a situação se estenda até março”, pontuou.

A coordenadora reforça ainda que a população pode acionar o órgão pelo número 156, ou o Corpo de Bombeiros através do 193.

O encontro reuniu secretários e representantes das secretarias de Prevenção a Violência (Seprev), Desenvolvimento Social (Sedeso), Governo (Segov), Desenvolvimento Urbano (Sedur), Trânsito (SMT), Saúde (SMS), Meio Ambiente (Semmam), Serviços Públicos (Sesp), Agricultura e Recursos Hídricos (Seagri), Superintendência de Operações e Manutenção (SOMA) e Procuradoria Geral do Município (PGM).

Secom -Foto: Jorge Magalhães

OUTRAS NOTÍCIAS