Versículo do dia
Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou o teu Deus; eu te esforço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça.

Loja exige que candidato em processo seletivo seja de igreja evangélica

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

Um dos maiores “atacarejos” às margens da Via Dutra na altura de São João de Meriti (RJ), o Shopping Vida, está fazendo um processo seletivo em que exige que o candidato seja membro de igreja evangélica, de acordo com o colunista de O Globo, Ancelmo Gois.

 

“Oportunidade de emprego aos MEMBROS da igreja no Shopping Vida”, diz o anúncio da loja e ainda manda anexar o currículo com o carimbo da igreja.

 

Para o Ministério Público Federal (MPF) e o Ministério Público do Trabalho (MPT), trata-se de “racismo religioso” por “discriminar pessoas de outros religiões”.

 

Durante as investigações do inquérito que apura os crescentes casos de ataques a templos de religiões de matriz africana na Baixada, sacerdotes já tinham relatado ao MPF “vários casos de discriminação no mercado de trabalho naquela região”.

 

MPF e MPT propuseram um Termo de Ajustamento de Conduta ao Shopping Vida, em que a empresa se comprometeria a “assegurar a igualdade na oferta de vagas, em respeito à liberdade religiosa”, além de um demonstrado “compromisso de valorização das comunidades religiosas de matriz africana”.

 

Fonte: O Globo

OUTRAS NOTÍCIAS