Lojistas precisaram arcar com R$32 mil para a substituição de lâmpadas queimadas no Shopping Popular, diz vereador Edvaldo Lima

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

Após um curto-circuito no Centro Comercial Popular, os comerciantes do entreposto tiveram que arcar com a despesa de R$32 mil para a substituição de lâmpadas queimadas. A informação é do vereador Edvaldo Lima (MDB), que na sessão desta quarta-feira (28), questionou a cobrança de taxas e serviços aos lojistas do Shopping Popular. O parlamentar defende a interrupção de todas as cobranças feitas aos comerciantes, bem como, a suspensão do contrato firmado entre a Prefeitura e a concessionária responsável pelo empreendimento.

A reivindicação do vereador está formalizada em um Projeto de Lei em tramitação na Casa da Cidadania. Ele justifica a iniciativa com base nos relatos de comerciantes que estão há semanas sem vender as mercadorias e, ainda assim, precisam arcar com as despesas do entreposto. Com o fim do prazo da carência, os lojistas que não conseguirem pagar o aluguel e demais taxas em 45 dias, estão sujeitos a terem os boxes lacrados.

Secom

OUTRAS NOTÍCIAS