Ludmila Ferber diz que venceu a Covid com tratamento precoce

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

Em uma conversa com o ex-senador Magno Malta na última sexta-feira (4), durante um evento, a pastora e cantora Ludmila Ferber, que trava uma batalha contra um câncer no pulmão desde 2018, revelou que foi infectada pela Covid-19 em setembro do ano passado. O fato foi revelado em um vídeo publicado nas redes de Malta.

De acordo com a pastora, porém, mesmo com a doença sendo conhecida por afetar gravemente os pulmões, ela teria vencido a Covid por adotar o protocolo do tratamento precoce. Ferber informou que não só ela como toda sua família passaram pela doença sem grandes problemas.

– Sim foi em setembro do ano passado [que contraiu a Covid], mas, eu dou graças a Deus que eu fiz o tratamento precoce. Então, eu passei pela Covid de uma forma impressionante. Estamos aí para testemunhar, funciona – afirmou.

 

O ex-senador, por sua vez, ratificou a declaração da pastora, e afirmou que no Brasil há atualmente o que ele classificou como uma “inversão de valores”. De acordo com Malta, muitas vidas se foram porque negaram o protocolo do tratamento precoce.

– Então quem nega o protocolo não é negacionista, negacionista é quem quer o protocolo pra que as pessoas não precisem ser entubadas e serem levadas a UTI, nós estamos vivendo uma inversão, um drama espiritual no país – completou Malta.

Fonte- Pleno News

OUTRAS NOTÍCIAS