Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 04/09/2018

Ludmila Ferber faz dueto com Fernanda Brum na música ‘Nas Mãos do Oleiro’

As cantoras e pastoras Ludmila Ferber e Fernanda Brum gravaram um dueto de uma música inédita que fará parte de um álbum inédito da convalescente artista evangélica, que vem lutando contra um câncer de pulmão desde o primeiro semestre deste ano e tem compartilhado sua jornada com seus seguidores nas redes sociais.

 

A música escolhida para o dueto chama-se Nas Mãos do Oleiro, e foi composta pela própria Ludmila Ferber: “Chamei a Fernanda para participar da música porque significa demais para mim. Fernanda é uma mulher moldável nas mãos de Deus, de caráter firme, de personalidade forte, mas uma grande mãe espiritual, um doce de pessoa e se conecta muito bem com a realidade do que a letra dessa canção diz”, explicou a pastora.

 

O contexto da música está exposto na letra, que fala sobre o reconhecimento de que o cristão depende de Deus: “A gente tem que confiar que a força das mãos do oleiro não vai nos oprimir, não vai nos destruir. As mãos do oleiro vão nos moldar”, conceituou Ludmila.

 

Sobre seu atual momento, Ludmila Ferber garantiu que sua força é resultado da presença de Deus: “Quem olha para nós só vê força, muitas vezes, mas não sabe que por trás disso nós temos um lugar muito frequente de estar, que é a casa do oleiro. É ali que está o descanso da nossa vida, nas mãos d’Ele. E são as mesmas mãos que tratam conosco e que nos moldam do jeito que Ele sabe que é o ideal para a gente ser”, declarou.

 

Já Fernanda Brum explicou que recebeu o convite com alegria e honra: “Essa música foi escolhida pelo Espírito Santo. E como ela é profeta, tinha que ser essa canção. Eu me senti ministrada e também muito impactada, além de direcionada, como sempre, pela composição da pastora Ludmila. Ser escolhida, ainda mais neste momento da vida dela, para mim é uma honra. Ela é um general da fé e eu sei que vai vencer essa batalha”, declarou ao portal Pleno News.

 

As cantoras Jozyanne e Lilian Azevedo fizeram backing vocal nas gravações do novo álbum de Ludmila Ferber: “Com elas eu tenho uma história. Com elas eu tenho backing vocals em 98% de todos os CDs até aqui. Mas, o Deus de Amor e de Aliança é quem sempre nos uniu e nos fortaleceu. Obrigada Jozyanne e Lilian Azevedo”, agradeceu a pastora no Instagram.

 

As duas cantoras retribuíram o afeto: “Ela já me emprestou o seu colo por tantas vezes, cuidou de mim quando não tinha voz pra cantar e ainda produziu meu CD num dos momentos mais desafiadores da minha vida. E eu creio que Deus é Deus de novos começos, eu creio, minha amiga Ludmila Ferber, servir sempre será um prazer. Mais uma vez o presente foi todo nosso de participar desse projeto que trará cura, esperança e fé a muitas vidas. Continuarei crendo! Nosso Deus pode todas as coisas! Participamos do back assim como nos outros CDs tão preciosos dela”, disse Jozyanne.

 

Bastidores
Fernanda Brum gravou um depoimento a um dos canais da MK Music no YouTube durante a sessão de gravação do álbum, nos estúdios da empresa, e revelou que criou um “apelido” para o álbum da pastora Fernanda Brum: “Eu chamei de ‘Trilha da Eternidade’. […] Pra mim esse CD se resume em trilha para a eternidade, ela me deu uma música que eu chorei tanto, não sabia se cantava ou se chorava. Cada faixa desse CD tem um fragmento da eternidade, tem sons da eternidade”, disse.

 

Ludmila aproveitou também para agradecer a amizade do casal Emerson Pinheiro e Fernanda Brum: “O espetacular que Deus nos dá é esse privilégio que eu falei, de termos amigos. Amigos de aliança, como é Fernandinha e Emerson, como esse casal é na minha vida, como a sua casa é na minha vida, na nossa história. A nossa história não se cruza, ela se funde de uma forma realmente inexplicável e o inexplicável é o tal do sobrenatural. O natural tem explicação, mas o sobrenatural não”, encerrou a pastora.

 

Gospel +