Lula diz que PT ‘não pode tratar evangélicos como gado’

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

Na tentativa de aproximar-se dos eleitores evangélicos, maior base de apoio do governo do presidente Jair Bolsonaro, o ex-presidente Lula declarou que o PT “não pode acreditar na história de que os evangélicos e as evangélicas são como se fossem um gado”.

O petista chegou a propor a criação de um “momento evangélico” na TV e rádio do partido como uma forma de tentar reverter a forte rejeição à esquerda que hoje predomina no cenário evangélico.

As informações são do jornal Folha de S. Paulo./Pleno News

OUTRAS NOTÍCIAS