Versículo do dia
Olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do trono de Deus.

Luta contra o aedes ganha adesão dos evangélicos

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

reuni_o com evang_licos sobre Aeds - foto Silvio Tito (1)Pastores evangélicos declararam apoio ao chamado do Governo Municipal para ajudar no trabalho de conscientização contra o mosquito aedes aegypti. “100% de apoio a causa. Estamos à disposição para unir forças contra esse mosquito que tem causado tanto mal à população”, afirmou o presidente da Associação de Ministros Evangélicos (AME), pastor Rafael Divino.

O encontro com o prefeito José Ronaldo de Carvalho contou com as presenças também dos pastores Cleber Marcelo, presidente da Associação de Missionários, Pastores e Evangelistas (AMIPE) e Roque Hudson, presidente da Associação de Ministros Evangélicos do Estado da Bahia, e da secretária municipal de Saúde, Denise Mascarenhas.

 

“A comunidade evangélica se sensibiliza e está disposta, no que for possível, para ajudar nesse trabalho contra o aedes aegypti. Entendemos que essa é uma luta em preservação da vida”, afirmou o bispo Marcelo que reconheceu que o objetivo “vai além de questões políticas e religiosas”.reuni_o com evang_licos sobre Aeds - foto Silvio Tito (3)

O prefeito agradeceu a sensibilidade dos evangélicos em abraçar a causa. “Precisamos da participação de todos para vencer a guerra contra o mosquito. E vocês têm a força da palavra diante dos fieis nas igrejas”, observou. A comunidade católica também já declarou que vai apoiar a Prefeitura nesse trabalho.

A secretaria de Saúde informou que o aedes aegypti pode transmitir 14 vírus, entre eles o da dengue, chickungunya e zika vírus. “Devemos ser multiplicadores de informações que chame a atenção das pessoas para simples hábitos que devem ser adotados para prevenir a proliferação do mosquito”, pontuou Denise.

OUTRAS NOTÍCIAS