Mãe de 13 filhos, alemã de 65 anos espera quadrigêmeos

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

25 Uma alemã de 65 anos, Annegret Raunigk, mãe de 13 filhos e sete vezes avó, voltou a ficar grávida, desta vez de quadrigêmeos, informou a imprensa local.
Se a gestação transcorrer normalmente, esta professora poderá vir a ser a mãe de quadrigêmeos mais velha do mundo, segundo a rádio-televisão RTL em seu site.

 

A insólita história despertou o interesse nacional e ganhou a primeira página do tabloide “Bild”.

Apesar de ter uma família já numerosa, a berlinesa não hesitou em recorrer a várias inseminações artificiais no ano passado para dar a sua filha mais nova, de 9 anos, o irmãozinho que ela pediu.

 

A última inseminação excedeu suas expectativas e os quatro óvulos implantados foram fecundados.

“Foi um choque. Falei com meu ginecologista. Refleti e tomei a decisão que, no fundo, eu já sabia”, declarou ao “Bild”.

Professora de inglês e russo, Raunigk, apesar de estar na idade de se aposentar, não se preocupa com a idade nem com a opinião das pessoas.

“Não tenho medo. Parto do princípio de que tenho saúde boa e estou em forma”, assegurou,.

 

Em 2005, a futura mamãe já havia chamado a atenção por ter dado à luz uma menina aos 55 anos.

Sua gravidez está sendo supervisionada por vários médicos e por ora avança sem complicações, segundo a imprensa alemã.

OUTRAS NOTÍCIAS