Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 22/03/2019

Mais de 300 mil reais serão aplicados em reforma e modernização do Hospital da Mulher

O Hospital Inácia Pinto dos Santos, o Hospital da Mulher, passará por ampla reforma das áreas internas e externas a partir da próxima semana. O serviço será autorizado pelo prefeito Colbert Martins Filho.

 

Com previsão para durar até quatro meses e orçada em mais de R$ 317 mil (R$ 317.051,94), a reforma engloba substituição de alvenarias e esquadrias, forros, divisórias, telhas da fachada, revestimentos cerâmico e pisos de alta resistência.

 

Segundo a presidente da Fundação Hospitalar de Feira de Santana, Gilberte Lucas, a obra contempla setores importantes da unidade hospitalar como o ambulatório, que ganhará cinco novas salas, ampliando para um total quatorze, e o CME (Centro de Material Esterilizado) que passará a atender as exigências da vigilância sanitária.

 

“Estamos investindo na manutenção, ampliação e principalmente na modernização da infraestrutura do Hospital da Mulher”, ressaltou a gestora.

 

A área interna do HIPS receberá nossas divisórias em gesso acartonado e granito, bem como alvenarias de bloco cerâmico. Todo o revestimento externo – fachada do hospital – também será trocado, como chapisco, reboco, revestimento em azulejo e do tipo tijolinho.

 

Já a pavimentação do estacionamento será recuperada e sua base recomposta para aplicação de piso cerâmico de alta resistência, além de colocação de rodapé, soleiras e novo piso intertravado.

 

A empresa Construções e Transportes GS2 Ltda, da cidade de Camaçari, foi a vencedora do processo licitatório n. 048/2018 para a execução da obra, que contempla ainda a substituição de esquadrias das portas veneziana em alumínio, em madeira e a pintura acrílica das alvenarias internas e externas.

 

Os serviços de pintura também contemplam textura acrílica, bem como emassamento e pintura látex sobre lajes e forros e sobre ferro.

 

Outro fator importante da reforma é a substituição de todas as telas de nylon tipo mosquiteiro, com moldura em alumínio anodizado, que evitam a entrada de insetos na enfermaria e no setor de nutrição da unidade hospitalar.

 

A cobertura do Hospital da Mulher será revisada com substituição e reposição de materiais danificados, a exemplo de telhas, estrutura, calhas, rufos com a realização de serviços de impermeabilizações.

 

A manutenção e revisão contemplam ainda as redes elétrica, as telefônicas e a rede lógica (sistema de conectores, cabos, dispositivos e condutos de telecomunicações), bem como a hidrosanitária.

 

Secom