Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 28/08/2018

Malafaia propõe jejum e oração em domingo anterior à eleição pela “paz social” no Brasil

A situação delicada que o Brasil atravessa ao longo dos últimos anos, com a intensificação de animosidades entre conservadores e progressistas, levou o pastor Silas Malafaia a sugerir à Igreja evangélica brasileira que se una em oração e jejum no domingo anterior ao primeiro turno das eleições, dia 30 de setembro.

 

Segundo Malafaia, líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC), é importante que o povo evangélico siga as sugestões que a própria Bíblia Sagrada dá para que uma nação tenha paz social.

 

“Não é preciso ser economista ou analista político para vermos a situação que está o nosso país. Uma grave crise econômica, um desemprego tremendo, corrupção e tantas outras coisas. Minha gente, preste atenção a isso: a Bíblia diz em I Timóteo 2 ‘antes de tudo que se façam orações, intercessões e súplicas, pelos homens que estão em eminência, para que tenhamos uma vida quieta e sossegada’, isto é, ‘agradável a Deus’”, introduziu.

 

“Gente, a Bíblia está dizendo que antes de você orar por qualquer coisa do teu interesse, nós temos que interceder pelas autoridades constituídas. Orar pela nação. Aprenda uma coisa: a paz pessoal é dada por Jesus quando o homem abre seu coração e entrega sua vida a Ele. Agora, a paz social só vem pela intercessão do povo de Deus. Tanto [em] Jeremias 29, como I Timóteo 2, a Bíblia me mostra que a paz social de uma cidade, uma nação, vem através do poder da oração”, contextualizou.

 

A iniciativa do pastor sugere que as dezenas de milhões de evangélicos brasileiros orem para que Deus restaure a paz e inspire os fiéis a votarem em candidatos que não aderirão a propostas que vão contra princípios e valores éticos, de proteção à família e liberdades de expressão, religiosa e política.
Confira a íntegra do convite de Silas Malafaia aos evangélicos de todo o Brasil:

 

Gospel +