Malafaia Responde à Declaração de Lula sobre Aborto: “Monstro é Você”

Foto reprodução You Tube - Silas Malafaia

A recente declaração do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) sobre o direito das mulheres vítimas de estupro optarem pelo aborto gerou uma forte reação do pastor Silas Malafaia. Em um pronunciamento enérgico, o líder evangélico classificou as falas do presidente como “cretinas e inescrupulosas” e acusou Lula de enganar o povo brasileiro.

Durante uma entrevista à rádio CBN nesta terça-feira (18), Lula criticou o Projeto de Lei 1.904/2024, que impede abortos após a 22ª semana de gestação, equiparando-os ao crime de homicídio. “Elas têm o direito de ter comportamento diferente e não querer o filho. Por que uma menina é obrigada a ter um filho do cara que estuprou ela? Que monstro vai sair do ventre dela?” disse o presidente brasileiro.

Assista:

A resposta de Malafaia foi incisiva: “Monstro é você, Lula, que é um mentiroso, engana o povo brasileiro.” O pastor, presidente da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (Advec), expressou indignação com a sugestão de que um bebê nascido de um estupro seria um “monstro”. Para ele, o bebê é um ser humano com o mesmo direito à vida que qualquer outra pessoa.

Malafaia também criticou os grupos que defendem o direito ao aborto em casos de estupro, acusando-os de manipular a opinião pública. Ele afirmou que ninguém está impedindo mulheres que sofreram estupro de abortar, mas destacou que há um limite de até cinco meses e meio para o procedimento. Após esse período, segundo ele, o bebê está “pronto para a vida”.

O pastor detalhou os métodos utilizados para realizar abortos após cinco meses e meio de gestação, como a injeção intracardíaca, que provoca um infarto no feto. “Presta atenção pra maldade, presta atenção, é feita uma cesariana, tira o bebê vivo e o bebê vivo, fora do útero materno, o matam,” afirmou Malafaia, ressaltando que a assistolia fetal é um método tão cruel que é proibida até mesmo para animais.

Com informações do Pleno News

OUTRAS NOTÍCIAS