Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 26/08/2017

Mara Maravilha chora na TV e afirma: ‘Não sou homofóbica’

Após opinar no “Fofocalizando” sobre a personagem transexual Ivana da novela “A Força do Querer”, a apresentadora Mara Maravilha, 49, foi massacrada nas redes sociais por muita gente que desaprovou os comentários dela na TV.

 

Na atração exibida nesta quinta-feira (24) pelo SBT, a cantora gospel não conseguiu conter a emoção e chorou ao falar sobre o assunto. “Fiquei muito chateada com o que aconteceu de ontem pra hoje. Tive uma noite péssima, acordei com muita dor de cabeça. Chorei muito. Se eu ofendi, me perdoem. Minha intenção é ser sincera com meus pensamentos. Não sou homofóbica“, garantiu ela que foi defendida por seus colegas de emissora.

 

Mara ainda garantiu que respeita os homossexuais e convive com muitos casais gays em sua casa. “Parem de me massacrar. Eu não sou homofóbica. Trabalho com gays, tenho muitos amigos também. Esse rótulo não é pra mim, é injusto e muito cruel”, desabafou Mara. “Eu sou amigo da Mara há anos, e como gay, nunca a vi destratar ninguém”, comentou Leão Lobo, 63, no vespertino.

 

YAHOO NOTÍCIAS