Versículo do dia
Ou andará alguém sobre as brasas, sem que se queimem os seus pés?

Maria Bethânia responde processo por porte ilegal de arma de fogo

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

downloadA cantora Maria Bethânia responde a um processo por porte ilegal de arma de fogo na Justiça do Rio de Janeiro. Dois policiais militares flagraram um homem armado com um revólver calibre 38 no dia 5 de junho, durante um patrulhamento de rotina no bairro de São Conrado, Rio de Janeiro.

 

Segundo o jornal Extra, ao ser abordado, Adevan Barbosa trabalhava se identificou como vigia para a cantora. Ainda segundo a publicação, ao ser abordado, o vigia pediu para que uma assessora da cantora o levasse até a mansão.

 

Porém, como a mulher disse não ter encontrado o documento da arma, ele foi preso em flagrante e levado para uma delegacia no Leblon. O documento da arma, com data de 1997, foi apresentado na delegacia pela assessora em nome Maria Bethânia.

 

Ele alegou que só usava a arma no trabalho, apesar de ter sido encontrado afastado da casa. Ainda segundo o Extra, como a cantora não tinha permissão para portar ou transitar com o revólver, ela e o vigia foram indiciados por porte ilegal de arma de fogo de uso permitido. Eles respondem ao processo na Justiça. A pena varia entre dois e quatro anos de reclusão.

 

Correio

OUTRAS NOTÍCIAS