Material didático sobre educação no trânsito é entregue para estudantes

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

3 mil estudantes, de seis escolas, serão contemplados com o projeto Educa

O sinal verde foi aberto para o ensino de educação no trânsito e mobilidade urbana em seis escolas do município. Na manhã desta quinta-feira, 16, o prefeito Colbert Martins realizou a entrega simbólica do material didático do Programa EDUCA – Educação para Mobilidade Consciente, na Escola Municipal Maria Antônia da Costa, no bairro Santa Mônica.

“A Educação é o que constrói e forma cidadãos. Este é um conteúdo muito importante para as crianças saberem como evitar acidentes, atravessar a rua corretamente e entenderem como funciona o trânsito. Este é o melhor local para isso, a escola”,destaca o prefeito.

Apenas onze cidades do Brasil, sendo quatro do Nordeste, foram escolhidas para implementar a versão piloto do programa. Esta é uma iniciativa do Observatório Nacional de Segurança Viária, ONSV, que tem o objetivo de levar a educação no trânsito como tema transversal para os estudantes do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental.

Em Feira de Santana, 3 mil estudantes, de seis unidades escolares, serão contemplados com o desenvolvimento do projeto Educa. O material didático é completamente gratuito e os professores receberam uma formação para implementar os conteúdos em sala de aula.

As escolas selecionadas foram: Centro de Educação Básica da UEFS – CEB; escolas municipais Ana Brandoa; Antônio Alves Lopes; Antônio Gonçalves da Silva; Maria Antônia da Costa; e Padre Giovanni Ciresola.

Para o superintendente de Trânsito, Cleudson Almeida, esta não é uma formação de condutores, mas “um investimento para o futuro”. Segundo Cleudson, apesar de serem orientações de como se comportar no trânsito, com suas regras e normas, são principalmente noções de cidadania. Uma iniciativa para futuros condutores conscientes.

Segundo Ilnara Brandão, diretora da Escola Municipal Maria Antônia da Costa, “qualquer comunicação que traga informação que será colocada em prática tem um valor gigantesco”. Para ela foi uma honra participar do “pontapé inicial” do programa na cidade.

“Os estudantes já exercitam essa relação com o trânsito em suas dimensões o tempo inteiro. É uma ação muito importante, pois influenciará em suas vidas a longo prazo, como condutores conscientes, e, também, a curto prazo, porque podem passar o para familiares”, afirma a diretora.

Foto: ACM

OUTRAS NOTÍCIAS