Versículo do dia
Mas ele foi ferido pelas nossas transgressões e moído pelas nossas iniquidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e, pelas suas pisaduras, fomos sarados.

Meio Ambiente divulga resultado da qualidade da água em três nascentes

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

Os resultados das amostras de água coletadas em três nascentes, na Semana Mundial do Meio Ambiente, entre 1º a 5 de junho, apontaram a presença de coliformes fecais. As alterações da qualidade das águas são das nascentes Buraco da Jia, localizada à rua Ipanema, bairro Gabriela; do Pires, na avenida Ayrton Senna; e da Balança, localizada à rua Angra dos Reis, no Parque Getúlio Vargas.

Os dados estão sendo divulgados pelo Departamento de Educação Ambiental da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Semmam), que coordenou os trabalhos em parceria com a UFRB (Universidade Federal do Recôncavo da Bahia).

Diante dos resultados, a Semmam alerta a comunidade que a água das nascentes Buraco da Jia, da Balança e do Pires, seja para consumo ou uso doméstico, somente poderá ser feito após passar por tratamento.

“A Prefeitura, através da Semmam, vai intensificar as medidas educativas para conscientização e sensibilização dos moradores das respectivas localidades”, afirma o chefe do Departamento de Educação Ambiental, João Dias.

Segundo ele, esse trabalho demonstra a preocupação que o órgão municipal e instituições parceiras estão tendo com as questões ambientais do município. “É resultado dos projetos Santana dos Olhos D’água Paraíso das Lagoas e Nascentes Vivas”, acrescenta. As análises estão sendo custeadas pelo Governo Municipal.

Na manhã desta quinta-feira, 11, a Semmam deu continuidade a coleta das amostras de água nas nascentes das Flores, no São João do Cazumbá; da Tereza, na rua Itororó, bairro Rua Nova, e duas coletas no Rio Jacuípe, sendo elas no bairro Três Riachos e no Vale do Jacuípe, na Br 116 Sul. Acompanhou os trabalhos a professora doutora da UFRB, Hilda Talma.

Embora os resultados dessas análises fiquem prontos daqui a cinco dias, João Dias antecipa que os níveis de temperatura aferidos nessas nascentes deram normais. Contudo, afirma que a presença de Oxigênio Dissolvido (OD) no Rio Jacuípe, comunidade Três Riachos, está muito abaixo dos padrões. O resultado foi de 1.7mg/L, sendo que a concentração normal de OD é de 8mg/L.

“A presença em grande quantidade de baronesas já é um indicativo de poluição proveniente de esgoto doméstico e excesso de nutrientes. Isso nos preocupa e demonstra a necessidade que há em se desenvolver um trabalho para retirar o esgoto in natura que está sendo jogado em dez riachos tributários do Rio Jacuípe”, pontua o chefe do Departamento de Educação Ambiental.

Foto: Washington Nery

OUTRAS NOTÍCIAS