Versículo do dia
Ora, pois, já que Cristo padeceu por nós na carne, armai-vos também vós com este pensamento: que aquele que padeceu na carne já cessou do pecado.

Menino de 5 anos ora por soldado em meio a protesto nos EUA

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

Durante os protestos em Kentucky, Derby (EUA), uma foto registrou um momento emocionante, no qual um garoto de 5 anos orou com um soldado da guarda nacional do país. O momento poderoso supostamente trouxe “força” aos soldados ali.

O soldado Dan Otterson disse à Fox News que ele ficou emocionado no momento e não segurou as lágrimas.

“Deus enviou um menino de 5 anos para fortalecer os soldados, e isso é algo que você nunca poderá replicar”, disse ele.

Após a oração, Otterson foi conversar com outros soldados sobre a interação com o garoto. Ele também postou uma foto dele orando com o menino de 5 anos em sua conta do Facebook, com uma longa explicação sobre o que aconteceu e por que aconteceu em um momento que realmente importava para ele e outros. Até agora, ele foi compartilhado 600 vezes.

Em sua postagem no Facebook, Otterson observou que sua unidade militar tinha sido enviada regularmente para ajudar o departamento de polícia local a monitorar manifestantes e contra-manifestantes fortemente armados. Um dia, em meio a uma multidão de manifestantes, Otterson notou “uma senhora negra mais velha que tinha três filhos muito pequenos com ela”.

“Ela ficou quieta, não disse nada para minha equipe e esperou que a maioria dos manifestantes diminuísse”, contou ele. “A senhora se aproximou de nossa cerca e disse que o menino mais novo queria orar por nós”.

“Percebi que ele era tímido, então me aproximei dele, ajoelhei-me, me apresentei e perguntei se ele queria orar. O que aconteceu a seguir valeu a pena cada segundo do nosso fim de semana. Este garotinho orou mais e com mais convicção do que eu jamais vi alguém orar em minha vida”, acrescentou.

O soldado contou que o garoto colocou em sua oração as vidas dos combatentes e pediu pela segurança de todos ali, sem se importar com cor da pele ou ocupação.

“Ele orou por mim, minha equipe e nossa segurança. Ele não se importava com a cor, ele não se importava com a ocupação, ele apenas queria que estivéssemos seguros e orou para que tivéssemos uma cerca de proteção ao nosso redor”, disse.

Otterson continuou, observando como aquele momento foi impactante para ele.

“Em um mundo cheio de agressões e tensões, esse garotinho mostrou que ainda existe amor e compaixão, independente da cor da pele, sexo ou como você se sente em relação às minhas ocupações. Embora eu talvez nunca mais veja aquele garotinho novamente, eu sei que ele foi enviado naquele momento para nos manter seguros”, afirmou o soldado. “Um lindo momento em um mundo louco”

O momento poderoso veio em meio a alguns dos maiores protestos que Kentucky já viu sobre o fechamento do Derbys por questões de segurança em razão do Coronavírus. As empresas de Louisville estão prestes a perder centenas de milhões de dólares e os residentes perderam um evento icônico em Kentucky, onde a emoção e a diversão para a família chegam ao estado a cada ano.

Algumas das maiores empresas de Louisville abandonaram completamente qualquer coisa em Kentucky Derby, e outras observaram como seus negócios afundaram completamente desde que Kentucky fez o decreto.

Fonte: Guia-me com informações de Christian Headlines

OUTRAS NOTÍCIAS