Notícias

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 22/04/2019

Moradores do Minha casa, Minha Vida registram queixa contra a Embasa

Representantes dos residenciais Vida Nova Aviário I e III e residencial Alto do Papagaio – todos do Minha Casa, Minha Vida – registraram na Superintendência Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor uma queixa contra a Empresa Baiana de Águas e Saneamento Básico (Embasa) sobre possível cobrança indevida.

 

Através de relatório entregue ao superintendente do Procon/FSA, Ícaro Ivinn, os moradores estão reclamando de que a Embasa está incluindo nas contas um rateio referente as pessoas que fazem gato, que desviam água. As contas que aparecem no relatório chegam a valores de R$ 300,00.

 

“Vamos analisar se há legalidade jurídica para esse tipo de cobrança e a partir disso vamos ver o que pode ser feito. Caso não haja legalidade, cabe notificação e aplicação de multa. Podemos também entrar com uma ação coletiva”, afirmou o superintendente.

 

A comissão de moradores estava acompanhada do vereador Roberto Tourinho, que elogiou o trabalho do Procon. “O superintende nos atendeu com muita atenção. E essas pessoas estão aqui porque não concordam com a ilegalidade dos gatos, mas também não querem pagar pelo erro dos outros”.

 

O trabalho de proteção e defesa do consumidor é uma ação defendida pelo prefeito Colbert Martins Filho. Somente em ações contra a Embasa já foram aplicadas mais de R$ 1 mi de multas. A empresa é líder de reclamações no Procon.

 

Secom