Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 26/09/2019

Município pretende resolver 85 por cento da demanda de saúde de idosos na atenção primária

O município de Feira de Santana tem se preparado para contar com uma assistência diferenciada a saúde da pessoa idosa. A iniciativa do Ministério da Saúde, através do Hospital Albert Einstein, tem o objetivo de resolver 85% da demanda a esse público na atenção primária.

 

Feira de Santana é uma das cinco cidades no Brasil selecionadas para aprimorar a assistência à saúde do idoso. Para a enfermeira referência técnica em saúde da pessoa idosa, Isabela Machado, o município foi escolhido por já oferecer um suporte diferenciado a esses usuários SUS.

 

Ela conta ainda que o município realizou a adesão ao selo Brasil Amigo da Pessoa Idosa, e tem trabalhado para que a cidade alcance o selo ouro. De acordo com ela essa adesão é um importante avanço para o município, já que muitas capitais ainda não possuem esse reconhecimento.

 

“O grupo governamental, organizado por diversas secretarias da Prefeitura, tem promovido a articulação necessária para alcançar o selo máximo. Para atingir esse objetivo, cada Secretaria deve alcançar uma meta. E a implementação da linha de cuidados é uma delas”, explica Isabela Machado.

 

Todos os profissionais que atuam na Atenção Básica estão sendo capacitados dentro da linha de cuidados a saúde da pessoa idosa, na perspectiva de oferecer um atendimento multiprofissional e multidimensional a essa pessoa.

 

“Já articulamos com o grupo gestor para modificar algumas coisas que vemos como necessárias para um atendimento qualificado e em breve teremos bons resultados”, avalia a referência técnica.