Não há situação epidemiológica para suspensão das aulas, afirma coordenadora do Comitê Coronavírus

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Não existe, no momento, situação epidemiológica relativa ao Coronavírus que recomende a suspensão das aulas, em Feira de Santana. Esta é a posição do Comitê Municipal de Acompanhamento das Ações de Controle ao Coronavírus. O órgão é vinculado a Secretaria de Saúde do Município.

A administração municipal aguarda por orientação do Ministério da Educação sobre a possibilidade de antecipar as férias escolares em todo o país.

“A suspensão precoce das aulas pode prejudicar uma necessidade futura. Essa decisão deve ser tomada no momento epidemiológico adequado. Por enquanto não há necessidade e precisamos ter cautela ao tomar essas decisões”, diz a médica Melissa Falcão, coordenadora do Comitê. A infectologista orienta que “quando houver necessidade, todas as instituições de ensino serão comunicadas”.

O prefeito Colbert Martins Filho, que decretou situação de emergência em saúde pública no município, informa que escolas da rede particular e universidades ou faculdades tem autonomia para decidir sobre medidas preventivas relacionadas com a crise.

Secom

OUTRAS NOTÍCIAS