Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 24/07/2018

Netflix anuncia produção de série que mostra menino americano como reencarnação de Jesus

Uma série de TV que promete causar polêmica está sendo produzida pela Netflix: American Jesus. O roteiro fala de um menino que descobre ser a reencarnação de Jesus após operar milagres.

 

A série American Jesus nasceu de uma história em quadrinhos homônima de autoria do escocês Mark Millar, um dos principais quadrinistas da atualidade, com trabalhos para editoras como Marvel e DC Comics.

 

O portal Hollywood Reporter informou que a história em quadrinhos traz referências claras a Jesus, com episódios que mostram a transformação de água em vinha, restaurar a capacidade de andar a um aleijado e a ressuscitação de mortos. Ao todo, serão seis episódios mostrando o menino Jesus americano como o “líder de um mundo em conflito”.

 

Originalmente, a história foi publicada em 2004 nos Estados Unidos pela editora MIllarworld, fundada pelo próprio Mark Millar para editar histórias autorais e alternativas, como Kingsman, Kick-Ass e Quebrando Tudo, entre outros, que se tornaram filmes produzidos por estúdios de Hollywood.

 

Em 2017, Millar vendeu a editora para a Netflix, que agora investe na produção de séries e filmes a partir de seu catálogo. “A Netflix faz 1.500 horas de material original por ano. Tem uma quantidade infinita de dinheiro, bem como uma quantidade infinita de tempo, e por isso pode contratar qualquer um. E vai correr riscos que um estúdio não correria”, comentou o autor, em entrevista ao The Guardian.

 

Anos atrás, em 2008, Mark Millar expressou seu completo desapego em relação à sacralidade da Bíblia e seus relatos, ao afirmar que pensava em escrever “a Bíblia 2.0”, que seria uma espécie de continuação das Escrituras. “A Bíblia sempre vendeu muitas cópias, então seria muito bom se houvesse uma sequência”, afirmou, como se o livro cristão fosse um trabalho de ficção. A ideia do autor, porém, nunca foi adiante.

 
Gospel +