Nova sede da Casa dos Conselhos garante acessibilidade

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

As novas instalações da Casa dos Conselhos de Feira de Santana, na rua Osvaldo Cruz, 167, bairro Kalilândia, foram adequadas para garantir a acessibilidade de pessoas com necessidades especiais. O equipamento foi reinaugurado na tarde desta sexta-feira, 31, com toda estrutura para facilitar o acesso de cadeirantes e pessoas com dificuldades de locomoção.

 

Ao inaugurar o equipamento, o secretário de Desenvolvimento Social (Sedeso), Pablo Roberto Gonçalves, ressaltou o compromisso do Governo do prefeito Colbert Martins Filho com a inclusão social e a decisão de transferir as instalações para um prédio mais amplo e confortável.

 

Cadeirante, o servidor público Carlos Lacerda acompanhou as adequações do prédio para assegurar as condições necessárias para garantir acesso de cadeirantes. “Foram colocadas rampas e também portas largas para facilitar acesso de cadeirantes”, observou.

 

Ex-secretária de Desenvolvimento Social, a vereadora Gerusa Sampaio ressaltou os avanços que a cidade obteve na área de assistência social durante a gestão do prefeito Colbert Martins Filho é do secretário Pablo Roberto Gonçalves. Também parabenizou os conselheiros pelo empenho e dedicação.

 

Em nome da Câmara, o vereador Isaias de Diogo destacou o empenho do secretário Pablo à frente da Sedeso em d3fesa dos interesses das pessoas. “É uma gestão de respeito e compromisso”, frisou.

 

Enquanto isso, a presidente do Conselho Municipal de Assistência Social, Ângela Pérsico, fez uma retrospectiva da história da Casa dos Conselhos, que foi implantada em Feira de Santana há 25 anos e se tornou modelo para diversas cidades brasileiras.

 

Da mesma forma, a presidente do Conselho das Comunidades Negras e Indígenas, Lurdes Santana, reforçou a retrospectiva e a luta pela garantia de direitos.

 

Durante o evento também estiveram presentes o vereador Carlito do Peixe e conselheiros municipais.

 

Secom

OUTRAS NOTÍCIAS