Novela Gênesis exibe José na prisão, onde começará seu protagonismo no Egito

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

Prevista para terminar em novembro, a novela Gênesis entra em suas semanas finais, exibindo uma das histórias mais conhecidas, admiradas e pregadas da Bíblia: a saga vivida por José, o filho de Jacó com Raquel.

A história, retratada no livro de Gênesis capítulo 39 e seguintes, mostra o jovem sendo comprado por Potifar. Mesmo sofrendo por ter sido vendido pelos seus irmãos a uma caravana ismaelita, José começa a trabalhar como escravo para o general, tornando-se um excelente administrador da casa.

De olho no rapaz, a esposa de Potifar começa a assediar José, que resiste as suas investidas, até o dia em que ele literalmente foge dela. Inconformada, a mulher usa a capa de José que ficou em suas mãos e acusa José para o seu marido de tentar se deitar com ela.

Nas cenas da novela, José é espancado por Potifar e, mesmo argumentando que não era verdade o que a mulher disse sobre ele, o general não acredita e o envia para a prisão do palácio. Ali José ora a Deus pedindo ajuda.

José na prisão

Logo, o carcereiro-mor pede para José ajudá-lo a administrar a prisão. A Bíblia diz que mesmo naquela circunstância “o Senhor estava com ele, e tudo o que fazia o Senhor prosperava” (Gênesis 39:23b).

Na prisão, o destino de José começará a mudar. Ele usará o dom que Deus deu a ele para interpretar sonhos ajudando dois prisioneiros – um padeiro e um copeiro. E tudo acontecerá como José disse. O filho de Jacó apenas pedirá ao copeiro que se lembre dele quando sair da prisão.

Dois anos depois, José é citado ao faraó que tem sonhos impossíveis de serem interpretados por seus adivinhos. Chamado ao palácio, José interpretará e dará a solução para o problema. Assim, faraó reconhecerá que José tem o espírito de Deus em sua vida e o colocará como governador de todo o Egito. Essas cenas, tão aguardadas, serão exibidas em poucos dias pela novela da Record TV.

Fonte – Guiame

OUTRAS NOTÍCIAS