Versículo do dia
Vindo a soberba, virá também a afronta; mas com os humildes está a sabedoria.

O cristão pode fazer uso de bebidas alcoólicas?

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

Medida-bebidas-alcoolico-superior-GL_ACRIMA20141212_0017_15Existe um principio de interpretação das Escrituras Sagradas que diz o seguinte: a primeira vez que um assunto é citado na Bíblia determina o seu valor e esclarece suas características doutrinarias. Por exemplo, a primeira vez que Deus aparece na Bíblia é em Gênesis 1.1: “No principio criou Deus o céu e aterra…” característica que distingue Deus dos outros seres: Deus é criador.

 

 

 
A primeira vez que o Espírito Santo aparece na Bíblia é em Gênesis 1.2, marcas do Espirito Santo, Ele é dinâmico, Ele trabalha no movimento, etc. a primeira vez que o diabo aparece na Bíblia está enganando Eva, marcas do diabo: ele é enganador. Usando o mesmo critério sobre o uso de bebida chegamos a seguinte conclusão: em Gênesis 9.20-25 fala pela primeira vez sobre o uso da bebida. E ela está sendo a causa de um pai amaldiçoar seu filho, características da bebida: é causadora de maldição.

 

 
a) A bebida tira o entendimento das pessoas – Oseias 4.11

 

 

 

 
A Bíblia nos mostra que um dos maiores tesouros que Deus dá ao seu povo é o entendimento. Perder o entendimento é perder a liberdade que Deus nos deu (Isaías 5.13), ter entendimento é ter o poder de manter sua família de pé (Provérbios 24.3). Quem tem entendimento é feliz (Provérbios 3.13).
O entendimento é algo que Deus valoriza tanto que a Bíblia chega a dizer que é melhor perder a prosperidade material do que o perder (Provérbios 4.7). Mas não é muito fácil obter entendimento, mas o perder basta você fazer uso de bebidas alcoólicas. É o que o profeta Oseias nos diz em 4.11. Se você quer ser uma pessoa cheia do entendimento de Deus, evite o uso de toda e qualquer bebida que contenha álcool.

 
b) A bebida impede que o homem seja cheio do Espírito Santo – Efésios 5.18

 

 

Em Efésios 5.18 o apóstolo Paulo nos diz que não podemos ser cheios do Espírito Santo e de vinho, segundo Paulo, a presença de uma coisa anula a outra. Ou o Espirito Santo nos fará evitar o uso de bebidas, ou as bebidas nos farão evitar ao Espírito Santo! Tiago diz que o Espírito Santo tem ciúmes de nós (Tiago 4.5), Ele nos quer para si, as bebidas alcoólicas tendem a despertar um tipo de alegria passageira e enganosa e a única alegria que de fato vale à pena nós termos em nossos corações é a alegria produzida pelo Espírito Santo, Paulo nos diz: … Mas o fruto do Espírito é alegria… (Efésios 5.22,23).

 
c) A bebida condena a alma – I Coríntios 6.9,10/Gálatas 5.19-21

 

 

Nas duas listas citadas por Paulo das coisas que estão presentes nas vidas daquelas pessoas que experimentarão a condenação eterna está o uso de bebidas alcoólicas. Se o uso de bebidas é listado na mesma relação onde aparecem ladrões, adúlteros, avarentos, idólatras, etc. então aos olhos de Deus, o álcool é tão danoso para a alma das pessoas quanto qualquer outro pecado e sabemos perfeitamente que o salário do pecado é a morte (Romanos 6.23) e fazer uso de bebidas é pecado!

 
CONCLUSÃO

 
A Bíblia cautelosamente nos adverte contra o uso das bebidas por diversas razões, uma delas é que além de perdermos o entendimento, de nos tornarmos vazios do Espirito Santo o uso da bebida também condena as nossas almas! O uso de bebidas traz consequências aqui na terra e na eternidade. Os frutos da vida de uma pessoa que se envolve em bebedices são colhidos na mente (perda de entendimento), no corpo (pela perda da habitação do Espírito) e na alma (pela condenação eterna).

 

 

 
Sabedor dessas coisas é desnecessário dizer que não convêm que os cristãos façam uso de bebidas alcoólicas, pois mesmo sabendo desses males, caso o cristão insista no uso de tais substancias estará incorrendo no risco de cometer suicídio espiritual.

 

 

Entre em contato com o autor desse texto:
[email protected]
[email protected]
[email protected]

 

 

 

 
* As opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores e não refletem, necessariamente, a opinião do Portal CIdade Gospel

OUTRAS NOTÍCIAS