O mal-estar da mulher é ‘obra do Senhor’, diz homem preso que negou socorro a grávida na Bahia; mulher e bebê morreram

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

Um homem que se negou a dar assistência à companheira durante o trabalho de parto foi preso em flagrante na noite da última sexta-feira (23) em São Miguel das Matas, na Bahia, por omissão de socorro. A mãe e o bebê morreram.

Os dois viviam na zona rural da cidade. A grávida entrou em trabalho de parto e começou a ter convulsões, mas o companheiro se negou a ajudá-la. Durante o parto em casa, tanto a mãe quanto o filho acabaram não resistindo. Depois disso, o homem ainda enterrou o cordão umbilical do filho no quintal, em uma tentativa de esconder o fato.

“Ele dizia que o mal-estar da mulher seria ‘obra do Senhor’ e não a socorreu, até o pai dele chegar à propriedade e acionar a polícia”, diz o delegado Felipe Ghiraldelli, da 4ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) de Santo Antônio de Jesus. “O suspeito também deve responder por fraude processual, por ter limpado o local para apagar vestígios”, acrescenta o delegado.

O preso está à disposição da Justiça.

Fonte- Correio (Divulgação/Polícia Civil)

OUTRAS NOTÍCIAS