Obras do BRT seguem sem nenhuma restrição judicial

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

timthumbA juíza federal Karin Almeida Weh de Medeiros revogou a liminar de sua própria autoria que determinava a suspensão parcial das obras do BRT em Feira de Santana. A primeira decisão da magistrada havia sido divulgada no dia 28 de outubro, após acatar um pedido, em caráter liminar, de uma ação popular ingressada por membros da sociedade civil.

 

Após analisar os argumentos de defesa elaborados pela Procuradoria Geral do Município, a liminar foi revogada na tarde desta sexta-feira, 13. A partir dessa decisão, as obras de execução do BRT seguem sem nenhuma restrição judicial.

 

 

Secom

OUTRAS NOTÍCIAS