Orações de cristãos pela paz em Israel ‘estão sendo atendidas’, diz Benjamin Netanyahu

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, gravou uma mensagem direcionada aos cristãos e agradeceu as orações pela paz no país. Segundo ele, a intercessão a Deus para que haja paz está sendo respondida.

A mensagem, gravada por ocasião do Natal, tem como contexto os recentes entendimentos de paz entre Israel e alguns países árabes no contexto do “Acordo de Abraão”, assinado com intermediação do governo do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

“Desejo aos muitos amigos cristãos de Israel em todo o mundo um feliz Natal. Em nome do povo de Israel, agradeço a cada um de vocês por suas orações e apoio”, disse o primeiro-ministro.

Em outro trecho, Netanyahu lembrou enquanto o mundo sofre com a pandemia de Covid-19 e outros conflitos, Israel tem feito avanços para cumprir a “profecia bíblica” da paz: “Aqui no Oriente Médio, temos feito progressos ativamente na realização da profecia bíblica da ‘paz na Terra’, ou pelo menos nesta parte da Terra”, declarou.

No vídeo, gravado em inglês, o primeiro-ministro reiterou sua gratidão ao presidente Trump, dizendo que a ajuda do mandatário foi essencial para normalizar as relações entre Israel e o mundo árabe.

“Paz com os Emirados Árabes Unidos. Paz com o Reino do Bahrein. Paz com a República do Sudão. Paz com o Reino do Marrocos. Após 26 anos sem um novo tratado de paz, tivemos quatro novos acordos em menos de quatro meses. E isso é só o começo”, disse ele.

“Mais e mais países árabes estão repensando as tradicionais atitudes hostis em relação a Israel e buscam a reconciliação com o Estado judeu. Em vez de considerar Israel como seu inimigo, eles cada vez mais nos consideram um amigo, um aliado”, acrescentou o líder israelense.

Gospel +

OUTRAS NOTÍCIAS