Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 08/11/2019

“Oro pelo presidente nas madrugadas. Precisamos tomar a política do diabo”, diz Eyshila

A cantora Eyshila manifestou seu apoio ao governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) numa entrevista recente, e disse que tem orado para que seu mandato seja exitoso e assim, a política brasileira saia das mãos “do diabo”.

 

Eyshila apoia Bolsonaro desde a época da campanha eleitoral, quando participou de uma mobilização de artistas evangélicos e fez uma publicação nas redes sociais com a hashtag #EleSim.

 

“A mídia, movida por um espírito que se opõe à mudança de rumo da nossa nação, dissemina ódio pelo único candidato que tem chance de banir essa quadrilha que quer nos transformar na Venezuela, só que Pluz Size (tamanho gigante). Pelo amor de Deus, meninas! Mulheres, vocês são inteligentes demais para serem manipuladas pelas Anittas, Danielas e Deboras Seccos”, disse à época.

 

Agora, após 10 meses de mandato, a cantora pentecostal falou sobre sua ação em prol do governo: “Oro pelo presidente e pela ministra Damares. Ela é uma mulher apaixonada pelo que faz e tem muita sinceridade. Como Igreja nós precisamos tomar a política do diabo. A gente acredita que o Brasil vai melhorar. Acredito muito no presidente, na ministra e na oração da Igreja, inclusive, tenho acordado nas madrugadas para orar”, declarou.

 

Outros assuntos foram abordados na entrevista concedida por Eyshila ao portal Pleno News, como o crescimento do número de cristãos que se dizem “desigrejados” por consequência de escândalos e adversidades em geral.

 

“A minha regra de fé e prática é a Bíblia. Ela diz que não devemos nos afastar da nossa congregação. Temos que ter pastor e temos que ser ovelhas, quem não serve para conviver com pessoas não serve para conviver com Deus”, avaliou.

 

Questionada sobre o luto pela morte do filho – Matheus tinha 17 anos em 2016 quando faleceu em decorrência de uma meningite viral – a cantora destacou que aprendeu a lidar com a situação: “Eu não perdi o meu filho, eu sei que ele está em um lugar seguro aguardando pelo arrebatamento. A saudade não passa, o que vem é a força. Deus tem me dado força e capacidade para suportar o insuportável”.

 

Em breve, Eyshila e o pastor Odilon Santos completarão 24 anos de casados, e como é de conhecimento público, seu início de vida conjugal foi turbulento por conta do vício que seu marido tinha em cocaína.

 

A cantora destacou que atravessou muitos momentos difíceis até conseguir salvar sua união, e compreendeu cedo que ela não tinha o controle, mas sim, precisava confiar em Deus: “Quando eu me casei o meu marido teve uma recaída em drogas e o primeiro ano foi muito difícil. Até que eu descobri a necessidade de tirar o Odilon do centro da minha vida e colocar Deus. Esse é um grande segredo para um casamento dar certo, termos primeiro um relacionamento com Deus”, enfatizou.

 
Gospel +