Padre Robson quebra silêncio de 16 meses nas redes sociais

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

O padre Robson de Oliveira Pereira, ex-reitor da basílica de Trindade, Goiás, reapareceu nas redes sociais na noite deste domingo (19). Depois que passou a ser investigado por um suposto envolvimento em crimes de corrupção na igreja, o religioso ficou um ano e quatro meses sem publicar na web.

O padre falou sobre entender os desígnios de Deus, citando São José, protetor da Igreja Católica, padroeiro dos trabalhadores e das famílias.

– Por vezes, acabamos não compreendendo os desígnios de Deus em nossa vida! Muitas vezes, ficamos até perdidos diante dos acontecimentos e dos fatos que não compreendemos, que não entendemos. É preciso aprender com São José a submissão a Deus na oração e no silêncio da escuta – escreveu o padre Robson, em publicação de Bênção da Noite, nas redes sociais.

A mesma publicação também aparece no YouTube, com a voz do padre pregando.

No início do mês, após a divulgação de um áudio em que diz ser “chefe da quadrilha”, o padre Robson ingressou com um pedido no Superior Tribunal de Justiça (STJ) para tentar censurar a divulgação da gravação. A declaração teve grande repercussão após ser divulgada pelo Jornal da Record, no último dia 24 de novembro.

Além da investigação, atualmente trancada, sobre a suposta prática de desvio de dinheiro proveniente de doações de fiéis, o sacerdote pode se tornar alvo de uma outra investigação, que apura um suposto pagamento de propina a magistrados do Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO) que acataram recurso da Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe), instituição que foi presidida pelo padre.

Fonte Pleno News

OUTRAS NOTÍCIAS