Padres Fábio de Melo e Marcelo Rossi são criticados por apoiarem arcebispo acusado de abuso

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

O Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, de 70 anos, foi acusado de assédio moral e sexual por quatro ex-seminaristas, como revelou uma reportagem do “Fantástico”, no último domingo, dia 3. Os Padres Fabio de Melo e Marcelo Rossi demonstraram apoio ao religioso, por meio de vídeos, e isso gerou críticas nas redes sociais. É que o caso ainda está em investigação da Polícia Civil.

Arcebispo de Belém é acusado de assédio moral e sexual por quatro ex-seminaristas

“Padre Fábio de Melo e Padre Marcelo Rossi deveriam ter ficado quietos, esperando a divulgação das provas da acusação. Em uma igreja com tantos escândalos sexuais vão parecer coniventes e se forem comprovados estarão entre os inumeros padres que acobertam amigos abusadores”, criticou o escritor Ale Santos.

“Os padres Marcelo Rossi e Fabio de Melo saíram em defesa do arcebispo Dom Alberto, acusado de abuso sexual. Nojo.”, escreveu uma internauta.

Memes do Pica Pau passando pano, que é usado quando alguém é conivente com algo, foi utilizado para descrever as atitudes dos parócos.

Extra- Globo

OUTRAS NOTÍCIAS