Versículo do dia
Ou andará alguém sobre as brasas, sem que se queimem os seus pés?

Papa Francisco pede que padres evitem lucrar com religião

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp
Pope Francis prays during a meeting with religious people at La Macarena convention centre -a former bullring- in Medellin, Colombia, on September 9, 2017. Pope Francis visits the Colombian city of Medellin, former stronghold of the late drug baron Pablo Escobar, on the fourth day of a papal tour to promote peace. / AFP / Raul Arboleda

O papa Francisco pediu neste sábado (9/9) aos membros da Igreja Católica que se abstenham de lucrar e obter benefícios materiais com seu exercício religioso.

 

“Não podemos nos aproveitar da nossa condição religiosa e da bondade do nosso povo para ser servidos e obter benefícios materiais”, disse o pontífice durante una reunião com padres e bispos na cidade colombiana de Medellin.

 

Em um ato com cerca de 12 mil religiosos na arena La Macarena, onde em fevereiro de 1991 uma bomba instalada por ordem do narcotraficante Pablo Escobar deixou dezenas de mortos e feridos, Francisco exortou os presentes a se concentrar na evangelização.

 

“As vocações de especial consagração morrem quando se quer nutrir de honras, quando estão destinadas à busca de uma tranquilidade pessoal, de uma promoção social, quando a motivação é ‘subir de categoria’, se apegar aos interesses materiais, chegar, inclusive, à torpeza do afã do lucro”.

 

Francisco fez um apelo para que os “homens e mulheres” da Igreja não caiam em atos de “corrupção”. “O veneno da mentira, o ocultamento, a manipulação e o abuso contra o povo de Deus, contra os frágeis e especialmente contra idosos e crianças não pode ser aceito em nossa comunidade”.

 

O papa destacou que a “mudança de época” e a “crise cultural” não são desculpas para se evitar o chamado de Deus.

 

(Correio Braziliense)

OUTRAS NOTÍCIAS