Parque da Lagoa recebe jazz e outros ritmos neste domingo

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

Apresentação do projeto Jam no Parque tem o apoio da Prefeitura

O projeto Jam no Parque estreia neste domingo, 5, em Feira de Santana, levando a música instrumental improvisada para o Parque da Lagoa Radialista Erivaldo Cerqueira (Parque da Lagoa), a partir das 16h. A entrada é gratuita.

Os primeiros acordes da tarde serão dados pelo grupo feirense Santini & Trio, tendo como repertório clássicos do jazz mesclados com ritmos genuinamente brasileiros, como o samba de roda, o baião, o forró e o ijexá.

Depois da abertura, a banda Geleia Solar assumirá seu posto de anfitriã para criar uma jam session onde tocará – e trocará – não só com o Santini & Trio (que já se apresentou na JAM no MAM diversas vezes), mas com artistas profissionais e/ou em formação interessados em improvisar ao lado de alguns dos artistas que fazem a música da JAM no MAM: Alexandre Vieira (baixo), Bruno Aranha (piano), Ivan Huol (bateria), Lucas Decliê (sax alto e flauta) e Matias Traut (trombone).

A partir de um repertório autoral e de Standards do jazz, a Geleia Solar vai criar uma dinâmica onde cada instrumento terá a possibilidade de improvisar, oferecendo aos músicos locais um espaço aberto à prática do jazz com total liberdade artística, mas também com muito apuro técnico.

Sobre a Geleia Solar e a JAM no MAM

A Jam no Parque é um desdobramento da JAM no MAM, projeto de repercussão internacional com jam sessions que mergulham na pluralidade de ritmos da cultura local para criar uma sonoridade única, num dos lugares mais lindos de Salvador: o Solar do Unhão. Formada por importantes músicos do cenário instrumental brasileiro, a Geleia Solar é a banda base da JAM no MAM. Ela é a responsável por coordenar, misturar e instigar os músicos interessados em tocar na jam session mais querida do Brasil, fomentando interpretações diferenciadas para performances que mesclam Standards do jazz a seu repertório autoral e às muitas referências rítmicas da cultura baiana.

Sobre o Santini & Trio

Natural de Feira de Santana, o Santini & Trio vem se destacando com uma musicalidade ímpar, onde seu jazz experimental é fundido a clássicos do jazz e ritmos genuinamente brasileiros. Comandado pelo renomado guitarrista Rony Santini, o grupo já participou de importantes festivais, como o Festival de Música Instrumental da Bahia, o Festival Caymmi, o Festival Bahia Jazz e Festival Feira Noise, dentre outros. Em 2017 o Santini & Trio foi destaque no Prêmio Caymmi vencendo nas categorias melhor banda e melhor instrumentista (Flaviano Gallo). Em 2019 o grupo realizou turnê em Portugal, levando sua musicalidade para seis cidades do país.

Secom Foto: Ligia Rizerio

OUTRAS NOTÍCIAS