Pastor André Vitor, amigo de Wesley Safadão, se defende em vídeo com os pais da criança e explica atitude polêmica

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

O pastor André Vitor, de 34 anos, publicou um vídeo em suas redes sociais na tarde desta segunda-feira (26/07), se defendendo das acusações de ter importunado uma criança em um encontro com amigos, entre eles o cantor Wesley Safadão.

“Acordei com notícias relevantes, absurdas, indignas que me embrulhou o estômago e fez com que eu quase vomitasse na tela diante das inverdades incabíveis que eu li”, iniciou o pastor.

Segundo André, ele trava uma luta contra a balança, e por causa disso, no momento de euforia da brincadeira ele puxou a sua camisa para cima. Muitos entenderam que André estava escondendo “algo” na região do seu órgão genital, após uma tentativa de segurar uma menina.

“Ela [a criança] estava ali numa euforia de uma brincadeira em que o Wesley joga uma torta na cara do Tirullipa e ela vai comemorar, brincar e se afasta. E eu puxo a minha camisa porque eu travo uma luta contra a balança. E há momentos me sinto desconfortável com meu peso. Vocês vão ver fotos que eu vou postar e eu fico atrás dos meus amigos, às vezes eu coloco uma almofada na minha frente, puxo a camisa pela questão do peso, não por maldade e que só os maldosos, que tem demônios nos olhos, que viram”, disse ele.

André criticou internautas que espalharam a notícia, além dos que te acusaram de cometer abuso sexual. Segundo ele, essa prática precisa acabar.

“Todos estão desesperados e preocupados comigo diante de uma injustiça de tal tamanho e gravidade. Mas eu estou aqui junto com os meus amigos, sabe por quê? Porque isso tem que parar. Muitas pessoas se suicidaram, estão em depressão profunda e grande desequilíbrio emocional ao se ver em acusações tão terríveis como essa, mas eu sei quem eu sou. Minha família sabe quem eu sou, meus amigos sabem quem eu sou, desde os quinze anos eu tenho tido uma caminhada edificando pessoas e levando Jesus para outros, não como religioso, mas como alguém que ama a Deus. E toda a minha conduta jamais será destruída por uma tentativa de assassinar, não a minha reputação, porque eu não tenho nem apego a reputações, eu tenho apego aos meus valores, aos meus princípios, eu odeio isso no que estão me acusando”, completou o religioso.

Os pais da menina estiveram com o pastor e afirmaram que André realmente está sendo vítima de acusações infundadas. Eles saíram em defesa do religioso e protestaram contra as acusações contra o pastor.

“Eu acho isso inaceitável porque o André é de dentro da nossa casa, o André é o nosso irmão e toda essa situação que ocorreu como vocês viram no vídeo, nós estávamos lá, nós estávamos perto, nós todos estávamos brincando e pessoas maldosas tiram coisas de onde não existem”, disse a mãe da criança. “O André é um grande homem de Deus, o André nos aproxima sempre mais mais de Deus. Tanto nós como os nossos filhos”, finalizou ela.

“Mas fiquem bem, eu vou ficar bem, isso vai passar e vai cooperar porque está escrito também na Bíblia que todas as coisas cooperam pro bem dos que amam a Deus. Eu sei que isso vai passar. Deus abençoe todos vocês”, finalizou o pastor André.

Assista a íntegra do vídeo abaixo:

Fonte: Portal do Trono

OUTRAS NOTÍCIAS