Pastores acharam 9 imagens de exu no gabinete de Bolsonaro, afirma Jornalista

Jair Bolsonaro Foto: Reprodução

Um grupo de pastores encontrou um conjunto de imagens de exu, entidades de religiões afro, no gabinete do presidente Jair Bolsonaro (PL) no Palácio do Planalto.

O relato foi feito pelo jornalista José Maria Trindade, da Jovem Pan News, durante o programa Os Pingos Nos Is. A varredura foi feita no gabinete presidencial depois que pastores que foram conversar com Bolsonaro o notaram abatido.

Os pastores teriam ido ao Planalto para incentivar o presidente a adotar uma postura altiva, demonstrando liderança, enquanto parte dos ministros sugeriam que ele admitisse o resultado da eleição anunciado pelo TSE.

O presidente, que até hoje não reconheceu o resultado oficial, fez um pronunciamento em outro tom, orientando os manifestantes a respeitarem as leis e não bloquearem estradas e ruas.

A postura foi adotada após o encorajamento dos pastores: “Presidente, o senhor tem que assumir neste momento a posição de líder mesmo na adversidade”, aconselharam.

O grupo aproveitou o momento de reunião e solicitou autorização para fazer uma varredura, e encontraram nove imagens de entidades veneradas por religiões afro, popularmente conhecidas como exu.

Inicialmente se sugeriu que elas fossem queimadas, mas depois a cautela se impôs e houve uma verificação sobre a hipótese de as imagens pertencerem ao acervo do Palácio e serem tombadas. Ao final, descobriu-se que apenas uma era tombada e as demais foram removidas do gabinete.

Fonte- Gospel +

OUTRAS NOTÍCIAS