Pastores são presos suspeitos de cultivar plantação de maconha em igreja

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

Após denúncia anônima a Polícia Militar prendeu dois pastores de 25 e 50 anos suspeitos de cultivar maconha no terreno de uma igreja localizada no bairro do Benedito Bentes, em Maceió, na segunda-feira (4). Com eles, a polícia apreendeu 12 plantas e 20 mudas de maconha natural.

Em 2018, a polícia também flagrou no mesmo terreno o cultivo e o consumo da maconha. Na ocasião, pai e filho foram presos e disseram em depoimento ser pastores da Igreja dos Humildes, e que a maconha era utilizada no tratamento dos fieis.

De acordo com o 5º BPM, ao chegar no local da denúncia, em uma região de mata, as equipes da Força Tática flagraram vários indivíduos fazendo uso e cultivando a plantação. Ao perceberem a aproximação da polícia, alguns fugiram.

Além dos dois pastores, um terceiro homem que estava no local também foi encaminhado para a Central de Flagrantes I, no bairro do Farol.

G1

OUTRAS NOTÍCIAS