Versículo do dia
Os lábios do tolo entram na contenda, e a sua boca brada por açoites.

Pelo Brasileiro, Vitória não ganha ponto fora de casa desde 26 de julho

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

RTEmagicC_leaosport.jpg Faz tempo. Desde o dia 26 de julho, quando venceu o Criciúma por 3×1, no Heriberto Hülse, em Santa Catarina, que o Vitória não sabe o que é ganhar um ponto fora de casa sequer pelo Campeonato Brasileiro. Já passou da hora.

 

De lá para cá, foram seis jogos pela Série A e seis derrotas: São Paulo, Coritiba e Santos, ainda pelo 1º turno, e Atlético-PR, Palmeiras e Atlético-MG, pelo 2º turno. Hoje, às 18h30, o Leão volta a jogar longe de Salvador, desta vez contra o Sport, na Ilha do Retiro, e o técnico Ney Franco espera que o resultado seja diferente no campo rival.

 

“A gente fez três (jogos) fora e perdeu os três (no 2º turno). Estamos fazendo trabalho emocional, tático, colocando a equipe mais agressiva, com marcação adiantada, para conseguir essa vitória”, afirmou o treinador.

 

Nessas três derrotas, ele acredita que o time teve um comportamento ruim na duas primeiras, contra o Furacão e o Porco, mas já foi bem melhor diante dos mineiros.

 

“No último jogo que fizemos fora de casa, contra o Galo, a equipe evoluiu bastante. Se conseguirmos dar uma boa sequência, acho que temos um grande potencial de fazer um jogo forte contra o Sport. Essa é a nossa expectativa: pontuar fora de casa já nessa rodada do campeonato”, disse Ney.

 

Para isso, Ney Franco irá escalar um time bem ofensivo. Sem contar com Cáceres e Escudero, vetados pelo departamento médico, ele optou por recuar Marcinho para a meia e promover a volta de Dinei, que estava lesionado, para fazer dupla de ataque com Edno.

 

“Será um jogo difícil, o Sport está bem no campeonato. Vai ser um jogo equilibrado. Esperamos jogar forte e conseguir surpreender eles lá dentro do Recife”, avaliou o técnico rubro-negro.

 

Uma surpresa que ele já aprontou neste ano. Se o desempenho recente pelo Brasileiro fora de casa é péssimo, pela Copa Sul-Americana, o Vitória venceu justamente o Sport longe de seus domínios. No dia 29 de agosto, o Leão da Barra fez 1×0 dentro da Ilha do Retiro, com gol de Marcinho. Na volta, no Barradão, outro triunfo, desta vez por 2×1, com gols de Willie e Marcinho.

 

O meia Luis Aguiar, que estava resolvendo problemas particulares no Uruguai, voltou e foi relacionado pro jogo.

 

Correio

OUTRAS NOTÍCIAS