Versículo do dia
Não to mandei eu? Esforça-te e tem bom ânimo; não pasmes, nem te espantes, porque o Senhor, teu Deus, é contigo, por onde quer que andares.

Praça da Bíblia vira palco de Parada Gay

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

46844 (1)No último domingo (11) aconteceu na cidade de Ji-Paraná (RO) a 5ª Parada do Orgulho de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LGBTT). O evento teve o encerramento realizado na Praça da Bíblia, espaço onde é proibido por lei que aconteça eventos não religiosos.

 
O organizador da Parada Gay, Fabrício Xavier, foi avisado pela prefeitura de que não poderia realizar o evento no local. Ao ter o pedido negado, ele resolveu acionar a Justiça para poder realizar o evento no espaço.

 
“Algumas pessoas pensam que o que queremos é afrontar, mas na verdade precisamos de um local com palco, pois teremos shows artísticos. É a única na cidade que tem palco pronto. A gente não quer nada além do direito de se manifestar e de usufruir de bens públicos que ajudamos a financiar”, disse ele.

 
O processo foi julgado na última sexta-feira (9) e o parecer da Justiça foi favorável ao evento LGBT. O juiz Edson Yukishigue Sassamoto determinou que não há como proibir o uso de um local público.

 
“A Praça da Bíblia é um local público razão porque não podem ser impedidos de realizarem o evento. Postulam seja concedido salvo conduto aos participantes do evento visando a livre manifestação no espaço público”, diz o texto.
A lei que impede a realização de eventos não religiosos é de 2008, ato considerado inconstitucional pelo juiz.

 
“Se tratando da Praça da Bíblia, espaço público por excelência, não há porque impedir a realização de qualquer evento de manifestação popular pacífica em referido local, havendo de ser reconhecida inconstitucional a Lei Municipal”.

 

Com informações G1

OUTRAS NOTÍCIAS