Prefeitura investe mais de 2 milhões de reais em equipamentos para o Hospital da Mulher

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

A Prefeitura de Feira de Santana está investindo mais de R$ 2 milhões na compra de equipamentos para o Hospital Inácia Pinto dos Santos (HIPS), o Hospital da Mulher. Os investimentos, provenientes de recursos próprios da Fundação Hospitalar de Feira de Santana, visam ampliar os serviços oferecidos à população.

Através de licitação, o Governo Municipal vai adquirir equipamentos e materiais permanentes e de uso hospitalar, como cama de parto, entre outros itens considerados importantes para atender a restruturação do Hospital da Mulher, que vai resultar na ampliação do centro cirúrgico e de leitos para parto normal.

Segundo a presidente da Fundação Hospitalar, Gilberte Lucas, é fundamental os investimentos que a Prefeitura está destinando à unidade hospitalar, visto que serão aplicados na compra de itens essenciais na área da obstetrícia.

“O prefeito Colbert Martins, pela consciência médica e humana, sabe o quanto esses recursos irão beneficiar todo processo de atendimento e qualidade da assistência no HIPS”, frisa.

MAIS INVESTIMENTOS

Além do Hospital da Mulher, a Prefeitura de Feira de Santana, por meio da Fundação Hospitalar, segue com a reforma do Centro Municipal de Prevenção ao Câncer Romilda Maltez (CMPC), cujos serviços estão em fase final.

“Essa obra será concluída até o início de abril e vai resultar numa unidade muito bem reorganizada, para que possamos oferecer à população de Feira de Santana uma melhor qualidade na assistência”, salienta.

O prefeito Colbert Filho afirma o compromisso da administração municipal com a saúde da população e frisa que isso sempre foi uma das prioridades da sua gestão. “A saúde pública influi diretamente na qualidade de vida das pessoas, portanto, deve ser tratada com responsabilidade”, ressalta.

O chefe do Executivo Municipal ainda afirma que o Município investiu, recentemente, mais de 1 milhão e duzentos mil reais em equipamentos mais modernos, como monitor cardíaco, carrinho de anestesia, mesa cirúrgica e aparelho de ultrassom para oferecer um serviço de qualidade. “Agora, abrimos mais uma licitação de mais de R$ 2 milhões. Isso demonstra que o nosso trabalho não para”.

OUTRAS NOTÍCIAS