Versículo do dia
E seja sobre nós a graça do Senhor, nosso Deus; e confirma sobre nós a obra das nossas mãos; sim, confirma a obra das nossas mãos.

Prefeitura substitui estátua “do coisa ruim” por Bíblia

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

not-2325-20160129182338A prefeitura de Nova Olímpia (MT), cedeu à pressão dos moradores e removeu uma estátua que há quase três anos ficava na principal entrada da cidade.

 

Segundo o prefeito Cristóvão Masson (PP), muitos dos moradores, principalmente os religiosos, afirmavam que a escultura seria “a representação do coisa ruim” e por isso pediram a remoção.

 
A obra foi criada pelo escultor Genival Soares e segundo ele não tinha nenhuma ligação religiosa. O nome da estátua era “A Guardiã”, uma figura mitológica feminina que vigia o cruzamento de vias em volta da praça.

 

“A retirada aconteceu de forma espontânea e brusca, com a ajuda de um trator. Fiquei indignado”, disse o artista. “Foi um descaso com tudo o que fiz. Se viessem falar comigo, eu aceitaria entrar num consenso e até retirar ela [escultura] de lá.”

 

O prefeito confessa que não conversou com o artista e que a decisão partiu dele em remover a estátua. “A decisão foi minha. Não conversei com ele [Genivaldo] porque senti que não precisava. Eu que mandei colocar, então depois eu que mandei retirar também”, disse.

 

Masson revela que foi muito pressionado pelos grupos religiosos. Fui detonado pela população. Tentei contornar a situação e deixei ela lá durante todo esse tempo. Vários segmentos religiosos pediram para que eu retirasse. Eles afirmaram que [a estátua] era do ‘coisa ruim’, que só chamava coisa negativa para a cidade”.

 

A remoção aconteceu no mês passado e dentro de 20 dias a prefeitura irá colocar um novo monumento no lugar: uma Bíblia de concreto.

 

Ciente que a obra também irá gerar debates e críticas, o prefeito se adianta: “É um livro de todas as religiões, das melhores e das piores. Vou colocá-la e não pretendo repensar, mesmo que algum grupo não goste”.

 

Com informações G1

OUTRAS NOTÍCIAS