Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 25/04/2019

Professor receberá valor de contribuição financeira, descontado em março, em folha complementar

A Secretaria de Administração da Prefeitura de Feira de Santana fará, nos próximos dias, uma folha complementar para pagar aos professores o valor efetuado no salário da categoria no mês de março, referente ao desconto da contribuição financeira mensal destinada a APLB. A informação é do prefeito Colbert Martins Filho, que assim já determinou ao secretário João Marinho Gomes Júnior.

 

O valor chegou a ser descontado, em contra-cheque, mas não pôde ser repassado para a entidade em razão do cumprimento de uma Medida Provisória Federal, assinada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, e pelo seu ministro da Fazenda, Paulo Guedes. A MP determina que as contribuições financeiras de trabalhadores para seus sindicatos não poderão mais ser descontadas diretamente dos salários e terão, a partir de agora, que ser pagas exclusivamente por boleto bancário.

 

Este mês, os professores já receberam os seus salários sem o desconto. Mês passado, já não era possível efetuar o repasse automático desta contribuição financeira para nenhum sindicato, conforme a Medida Provisória estabelece. Como o desconto ocorreu, de forma equivocada, cada professor será ressarcido em folha complementar.

 

Secom