Projeto de saúde contempla quatro escolas neste semestre

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp

1032015143632 Mais quatro escolas da rede municipal de Feira de Santana estão sendo contemplas, neste semestre, com o projeto Saúde na Escola. Os serviços itinerantes de saúde vão beneficiar aproximadamente 900 alunos, na faixa etária de 3 a 16 anos. A comunidade escolar, os pais ou os responsáveis também poderão ser atendidos, caso demonstrem o desejo.

 
Os serviços itinerantes serão levados para as escolas Coriolano Farias de Carvalho e João Paulo II, ambas na Queimadinha, e para as escolas Diva Matos Portela e Cícero Carvalho, localizadas no bairro Jardim Cruzeiro. O programa é desenvolvido pela Secretaria Municipal de Saúde em parceria com a Secretaria Municipal de Educação.

 

O ônibus adaptado com consultório leva uma equipe de médico, enfermeiro, nutricionista e técnico de enfermagem até a unidade de ensino, onde realizam consultas e avaliações. Os atendimentos são prestados sempre na presença de um adulto. É necessário levar os cartões de vacinação e do SUS.

 

Na manhã desta terça-feira, 10, o ônibus da saúde esteve na Escola João Paulo II. O estudante David Humbert Lopes, 10 anos, foi uma das crianças a passar pela triagem com a enfermeira. Foi realizado o acompanhamento do peso, das vacinas e também uma entrevista para tentar identificar algum tipo de problema de saúde.

 

Para a mãe, a dona de casa Ivonete Araújo, a iniciativa facilita o acesso à saúde, uma vez que, nem sempre encontra disponibilidade de horário para aguardar pelo atendimento em um posto de saúde. “Achei ótima essa iniciativa. É uma oportunidade que meu filho tem em avaliar sua saúde”, afirmou.

 

A enfermeira Maria Graciete Cotrim diz que o ônibus retornará para a escola nos próximos dias. Será quando os profissionais – médico e enfermeiro – vão avaliar os exames laboratoriais solicitados. “Os estudantes recebem uma guia e são orientados a procurar a unidade de saúde de seu bairro. Lá que é feito o agendamento pela Central de Regulação”.

 

As crianças que necessitam passar pela avaliação do fonoaudiólogo são encaminhadas para a Policlínica do Feira X. Para outras especialidades o encaminhamento é através da Central de Regulação. “Depois, a continuidade da assistência é dada pela Unidade Básica de Saúde”, pontua.

OUTRAS NOTÍCIAS